Recebi o link de um vídeo. The danger of a single story.

Uma jovem escritora Nigeriana, Chimamanda Ngozi Adichie, no TED, falava de preconceito e ignorância, mas também falava de Identidade e de “storytelling”. Falava do perigo de uma única perspectiva, de uma única história. Vale a pena assistir, apesar de longo e já antigo.

Talvez falar sobre branding e sobre contar histórias seja um papo velho. Talvez eu goste de papos velhos.

Sempre chamei de “marcas cinzas”, as marcas sem histórias para contar. Chimamanda me fez pensar que podem ficar cinzas, também, as marcas que contam apenas uma história….. ou que contam sua história de uma só maneira.

Para conhecê-las ou fazer com que pessoas as conheçam, precisamos contar suas várias histórias. É isso que dá vida às Marcas. É isso que garante que suas Identidades sejam interessantes e desejáveis.

Mas em tempos de “Fake Things”, o desafio é descobrir suas histórias verdadeiras.